CEPID

Atividades

Divulgação

Serviços

CEPID Redoxoma leva experimentos e jogos para Virada Científica da USP

Autores: Maria Célia Wider

27/10/2015
Reações de quimiluminescência encantaram as crianças

As pessoas que participaram da Virada Científica realizada na USP na semana passada tiveram contato com experimentos envolvendo reações de oxidação e redução, propostos pelo professor Guilherme A. Marson, do Instituto de Química da USP e do CEPID Redoxoma, que participou do comitê organizador do evento e coordenou uma atividade de experimentos chamada Livres, Radicais e Luminosos.

Virada Científica USP

E os experimentos encantaram principalmente as crianças. Em uma sala escura, montada no IQ-USP, elas puderam desenhar com eletrodos em uma placa de Petri, em um experimento eletroquímico, e observar como reações químicas podem produzir luz, como a oxidação do luminol por peróxido de hidrogênio e a reação de azul de metileno.

Pesquisadores do Redoxoma também apresentaram jogos de cartas e tabuleiro sobre Química e Bioquímica. E a professora Alicia Kowaltowski apresentou a palestra O gordo, o magro e o saudável. Uma conversa sobre o metabolismo, no ciclo multidisciplinar de palestras. Os jogos e as palestras foram realizados na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU).

“A Virada proporcionou um contato muito importante das pessoas com a ciência. Diferente da via lógico-formal de contato, que é melhor contemplada na escola e na universidade, o que pude observar foi uma via dada pelo gosto, pela apreciação estética, pelo belo. É uma via emocional de contato com as questões científicas, que se mostrou muito mais eficaz e interessante”, afirmou Marson.

Os organizadores estimaram a participação de cerca 150 pessoas em cada atividade realizada no Instituto de Química. O evento atraiu principalmente famílias com crianças.

Luminol

 

Quimicartas

Quimicartas.
Imagem: G. Marson/CEPID Redoxoma

“A química é uma coisa que explica aquilo que você vê, com o que você não vê, numa língua que você não fala”. Essa definição, segundo o pesquisador, sintetiza os desafios do ensino de Química.

Para enfrentar esses desafios, Marson e outros pesquisadores do Redoxoma desenvolveram dois jogos, que foram testados durante a Virada Científica: um jogo com a cadeia de transporte de elétrons, voltado para estudantes universitários, e o Quimicartas, que pode ajudar estudantes do ensino médio, além de universitários.

O Quimicartas, como o nome diz, é um jogo de cartas em que os jogadores ganham ou perdem pontos fazendo reações químicas possíveis em determinadas condições. O jogo pode ser distribuído fisicamente ou em PDF. Uma possibilidade também seria o desenvolvimento de um software, para que pudesse ser jogado online.

“Num trabalho como esse, o principal valor é o produto em si, é o jogo, que pode ser utilizado nas escolas, nos cursinhos, acoplado com aulas de laboratório. Há várias abordagens metodológicas para esse jogo”, afirmou o pesquisador.

A 2ª Virada Científica da Universidade de São Paulo contou com cerca de 300 atrações distribuídas pelos campi da USP. O evento foi promovido pela USP em parceria com o Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação, e organizado pela Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária (PRCEU).


Fale Conosco




Todos os campos são obrigatórios.


Enviando...

Fechar formulário