CEPID

Atividades

Divulgação

Serviços

Redoxoma lança projeto “Vai lá no meu pôster” para divulgar ciência

Autores: Maria Célia Wider

13 set, 2019
Vídeos podem ser assistidos no YouTube

Vai lá no meu pôsterO CEPID Redoxoma lançou no mês passado o projeto de divulgação científica “Vai lá no meu pôster”, no qual estudantes e jovens pesquisadores do Centro apresentam seus trabalhos em vídeos curtos, veiculados no canal do Redoxoma no YouTube. O projeto funciona como uma sessão de pôsteres em um congresso científico permanente. No meio acadêmico, as sessões de pôsteres nos congressos são oportunidades de contato mais direto e descontraído entre pesquisadores.

“Um aspecto interessante deste projeto é que esses jovens estão na linha de frente da pesquisa e o fato de contarem como fazem os experimentos desmistifica um pouco a ciência. São jovens como os outros, que vão ao cinema, namoram e estão no laboratório fazendo ciência”, afirmou a professora Carmen Fernandez, do Instituto de Química da USP e Coordenadora de Educação e Difusão do Conhecimento do CEPID Redoxoma.

A internet é uma ferramenta poderosa de divulgação científica e os vídeos estão se tornando indispensáveis, principalmente para o público jovem. O CEPID Redoxoma tem promovido diversas iniciativas de divulgação científica, em diferentes plataformas e linguagens, com alcances variados.

Reprodução do canal do CEPID Redoxoma no Youtube

 

“O público alvo deste projeto são estudantes de graduação e de pós- graduação, nosso celeiro de cientistas. As ações de divulgação científica dedicadas à educação básica ajudam a popular os cursos superiores de ciências. Esta ação visa a fortalecer a opção pela carreira científica entre graduandos”, avalia o professor Guilherme Marson, também do IQ-USP e do CEPID Redoxoma. Ele destaca que, “aproveitando essas iniciativas de produção de vídeos de divulgação, nós vimos uma oportunidade de contribuir, criando um caminho para que cientistas possam se apropriar desses canais”.

Como falar para um público leigo ou para especialistas de áreas diferentes é um desafio, que, segundo Marson, “nos obriga a rever os próprios conceitos”, a iniciativa do Redoxoma também tem um papel formativo para os jovens cientistas.

O “Vai lá no meu pôster” é produzido pelas pós-docs Ana Bonassa e Laura de Freitas, ambas do IQ-USP e do CEPID Redoxoma. Elas mantém o canal de divulgação científica Nunca Vi 1 Cientista, e, em breve, também vão mostrar no canal pesquisas do Redoxoma. Nesta primeira fase do projeto foram gravados nove vídeos, que são postados semanalmente no canal. Nova chamada está programada para o início de outubro.

Os vídeos do “Vai lá no meu pôster” podem ser acessados em:
https://www.youtube.com/channel/UCBnjaq9Wu9ZclNV1HJwkyIA


 


Fale Conosco




Todos os campos são obrigatórios.


Enviando...

Fechar formulário